domingo, 26 de maio de 2019


"Parem de nos matar!" Rio terá protesto, hoje, contra a Polícia Militar

Resultado de imagem para Banner  para o ato 'Parem de nos matar'

Coordenado por moradores de favelas do Rio, com apoio de diversos movimentos sociais, ocorrerá, neste domingo(26), a partir de 10 da manhã, o protesto  PAREM DE NOS MATAR, contra as ações da Polícia Militar do Rio de Janeiro nas favelas e periferias suburbanas da capital fluminense. |||  Manifestantes pretendem formar gigantesco cordão humano, de mãos dadas, entre o Leblon e o Arpoador.  |||   O movimento foi idealizado no dia 22 de abril, face à morte do gari comunitário William Mendonça dos Santos, o 'Nera', com 2 tiros, ao chegar à sua residência, em meio a incursão  da PM no morro do Vidigal, zona sul carioca.

sábado, 25 de maio de 2019


 é goleada  na  Justiça:
Jean Wyllys 5x0 Bolsonaro
Resultado de imagem para Fotos de Jean Wyllys encarando Bolsonaro


Em 2018, à época deputado pelo PSOL, Jean Wyllys chamou Bolsonaro de “fascista” e “racista” e o presidente se sentiu “ofendido”.   |||   Em ação na qual Jair Bolsonaro alega danos morais, a 12ª Câmara Cível do Rio de Janeiro negou recurso do presidente contra Jean Wyllys. Em 2018, à época deputado federal pelo PSOL, Wyllys chamou Bolsonaro de “fascista” e “racista”.  |||   Como se ele demonstrasse o contrário, o presidente alegou ter sido “ofendido” e pediu R$ 20 mil por danos morais. Além disso, reivindicou uma multa, caso o então deputado utilizasse as mesmas palavras novamente.   |||  Todos os pedidos foram negados até agora e esta foi a quinta derrota de Bolsonaro no caso.  

Queiroz, de novo,
na  boca  do povo
FERNANDO BRITO, no TIJOLAÇO
A capa do jornal Extra, do Rio, neste sábado(25), prova que os embrulhos escandalosos e inexplicáveis de Fabrício Queiroz, o sumido, viraram conversa de botequim, o que sempre foi mais corrosivo que soda cáustica para qualquer político.   |||   Os R$ 133 mil pagos em espécie(AQUI) ao hospital e aos médicos que o trataram é só um dos episódios mórbidos que irão surgindo, um a um, até que venha a confirmação do que todos já intuem: ele era o provedor de recursos para o dia a dia do clã e seu contato com o mundo obscuro das milícias.   |||   Simplesmente não poderia existir, ao longo de tantos anos, um esquema de contratações tão, digamos, familiar sem que os chefes da família – mandato parlamentar é negócio de família, para os Bolsonaro – tivessem interesse direto.   |||   O povão já compreendeu isso.   Fabrício Queiroz é um câncer que não foi extirpado do organismo do clã e, cada vez mais, não pode ser sem comprometê-lo em partes vitais.
“A maioria (99%) dos militares não tem a menor ideia do que seja COMUNISMO”
"Eu sou militar. E não vejo o Comunismo como a solução para nosso planeta, nem como modelo ideal ou viável, entretanto respeito quem o defende, pois  ainda tenho muito para estudar antes de fechar tal assunto em minha cabeça. Por enquanto eu engordo os quadros da esquerda reformista.   Por que as pessoas insistem em falar sobre algo que não estudam? Está no Google. É só pesquisar. Isso evitaria a vergonha de afirmar que Marx não trabalhava. Eu imagino o que um escritor deve sentir quando vê alguém falando uma asneira dessa. Então escrever livros não é trabalho? A obra de Marx foi tão importante que você ouve falar dele até hoje por um rio de gente que nunca leu nada do que ele escreveu. Por que todo esse medo? Marx foi tão importante que todos os cursos de economia dedicam um tempo interessante às obras produzidas por ele...   (...)   Caso pior é o dos cristãos que criticam o comunismo de maneira geral. Eles não falam de 'Maoismo', ou 'Marxismo-Leninismo', mas de 'Comunismo'. Será que essa galera não possui o livro 'Atos dos Apóstolos' na Bíblia deles? Será que estão na Igreja e não sabem o que é o 'comunismo cristão'? Será que não ouviram falar da Igreja primitiva, na qual todos os bens eram comuns?"   |||   Leia a íntegra do aspirante a Oficial da PM do Paraná, MARTEL ALEXANDRE DEL COLLE, no JUSTIFICANDO, via JORNAL/GGN.
Resultado de imagem para Charges demonizando o ComunismoEM TEMPO(do AMgóes) - Oficiais-generais das três armas, que  chegaram ao topo da carreira(4 estrelas),  boa parte já na reserva remunerada, ingressaram na vida militar entre o fim/começo das décadas de 1960/1970('anos de chumbo' do regime autoritário implantado em 1964), cujos cérebros juvenis foram 'lavados' com teorias de arraigado 'anticomunismo', sem jamais se darem conta, por elementar inapetência intelectual(salvo raríssimas e honrosas exceções em suas fileiras), das teses de Marx e Engels, no curso da Revolução Industrial(entre os séculos XVIII e XIX) sobre, por exemplo, a pertinência da 'mais-valia' no processo das relações de trabalho. Daí a recorrente DEMONIZAÇÃO do Partido Comunista do Brasil e seus integrantes, surreais 'comedores de criancinhas'(na mais ampla semântica permissivamente aplicada ao verbo, claro). Nazifascistas e correlatos neoliberais, promotores do excludente obscurantismo socioeconômico,  sempre deitaram e rolaram subsidiados por essa percepção estrábica, disseminada midiaticamente nas corporações castrenses - à época da 'guerra fria' entre EUA e União Soviética - e difundida até nossos dias nos quartéis.

sexta-feira, 24 de maio de 2019

O  Globo  mostra  mais  dinheiro ‘viajante’ de Queiroz: R$ 133 mil


"Não eram apenas os R$ 64 mil pagos em espécie ao Hospital Albert Einstein  por Fabrício Queiróz que viajaram, em notas, da Taquara, no Rio de Janeiro, até a tesouraria do hospital. Com eles foram outros R$ 69 mil em dinheiro vivo para  pagar a equipe médica que atendeu ao ex-assessor do filho senador de Jair Bolsonaro.   (...)    O dinheiro, sim, repousava nas gavetas, deixando de render em alguma aplicação financeira, logo para ele, Queiroz, o homem que sabia fazer “rolos” e ganhar dinheiro com qualquer coisa.   De lá só saiu, para descansar em uma mala ou sacola, com destino a São Paulo."  |||    Leia FERNANDO BRITO no TIJOLAÇO.


Moro,  ‘ex-rei  de  Curitiba’, 

tentou ficar com R$ 2,5 bi

de acordão da 'Lava Jato'

Resultado de imagem para Fotos de Moro irritado


"Sergio Moro tentou levar para o Ministério da Justiça e Segurança Pública os R$ 2,5 bilhões que a Petrobras aceitou pagar às “autoridades brasileiras” para evitar um processo nos Estados Unidos.   Em acordo assinado com os procuradores de Curitiba, a petroleira admitiu que metade dos recursos fosse injetada numa fundação privada, que seria criada sob a influência da equipe de Deltan Dallagnol, para investir em ações sociais e anticorrupção. O caso foi parar no Supremo Tribunal Federal.   (...)   Mas a procuradora-geral da República Raquel Dodge “se insurgiu” contra Moro e pediu, junto ao Supremo, que a verba seja encaminhada ao Ministério da Educação. Bolsonaro, diz Bergamo, teria concordado com Dodge."  |||    Leia mais no JORNAL/GGN.

SÉRGIO MORO, DE CAÇADOR

DE  CORRUPTOS  A  FIGURA FOLCLÓRICA EM BRASÍLIA


"Um juiz de alta Corte, apenas um, tentou enfrentar o poder de Sergio Moro. O ministro Teori Zavascki repreendeu publicamente o então chefe da Lava-Jato quando o magistrado cometeu o delito de grampear Dilma e Lula em 2016. Mas Teori está morto.   Os outros ministros vivos do Supremo sempre ficaram quietos diante dos desvios de conduta do ex-juiz. Ninguém disse nada contra Sergio Moro, nem o Conselho Nacional de Justiça. Ninguém. Só Teori, o relator da Lava-Jato no STF.   Um juiz de alta Corte, apenas um, tentou enfrentar o poder de Sergio Moro. O ministro Teori Zavascki repreendeu publicamente o então chefe da Lava-Jato quando o magistrado cometeu o delito de grampear Dilma e Lula em 2016. Mas Teori está morto.  Os outros ministros vivos do Supremo sempre ficaram quietos diante dos desvios de conduta do ex-juiz. Ninguém disse nada contra Sergio Moro, nem o Conselho Nacional de Justiça. Ninguém. Só Teori, o relator da Lava-Jato no STF.   (...)   Pois Sergio Morro perdeu todo esse poder, inclusive o de perdoar corruptos delatores, depois de ser chamado por Bolsonaro para, entre outras coisas, chefiar o Coaf, o organismo de controle das movimentações financeiras(que também acaba de perder)".    |||   Leia a íntegra de JOAQUIM DE CARVALHO no DCM.

SURREAL!!! QUEIROZ PAGOU CIRURGIA NO EINSTEIN COM DINHEIRO VIVO
Reprodução/SBT

"Investigado pelo Coaf pela movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão, Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do RJ, desembolsou R$ 64,58 mil em espécie para pagar por uma cirurgia para a retirada de um câncer no cólon a que foi submetido no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.  Ele justificou o pagamento em dinheiro vivo alegando que o montante estava guardado em casa, no Rio,  para  amortizar um financiamento imobiliário(você acaso amortiza um empréstimo levando a grana ao banco numa mochila?)."  |||   Leia mais no BRASIL/247.

Voltando  às  origens:  ato  desse domingo 26 é flashback da reunião neonazista pró-Bolsonaro em 2011
]
A manifestação golpista de apoio a Bolsonaro marcada para esse domingo, 26, é uma espécie de retorno às origens.   Desde 2011, pelo menos, Bolsonaro vem recebendo amplo apoio de neonazistas.  Em abril daquele ano, um grupo capitaneado pelo movimento supremacista White Pride World Wide convocou um “ato cívico” em seu nome no vão livre do Masp, em São Paulo.   “Vamos dar o nosso apoio ao único deputado que bate de frente com esses libertinos e comunistas!!! Será um ato cívico, portanto, levem a família, esposas, filhos e amigos”, diziam mensagens dos integrantes na internet."   |||   Leia mais KIKO NOGUEIRA no DCM.

Mídia já descarta Bolsonaro,

o disfuncional

Resultado de imagem para Imagens de Bolsonaro acusado


"A mídia monopolista, que representa os interesses políticos e econômicos dessa cloaca burguesa, não está imobilizada. Quem fica parado é poste, costuma filosofar José Simão. Deixando de lado a Record do “bispo” mercenário Edir Macedo, o SBT do “topa tudo por dinheiro” Silvio Santos e outros veículos menores e venais, a parcela mais expressiva da mídia monopolista já decidiu descartar Jair Bolsonaro – desde que seja mantida sua agenda ultraneoliberal."   |||   A íntegra de ALTAMIRO BORGES, no VERMELHO.

Ganhador do ‘Prêmio Camões’ em Portugal, Chico Buarque ensinou o quê?


Quando recebi no telemóvel o alerta “Chico Buarque ganha o Prémio Camões” senti-me no direito de comemorar uma vitória: “ganhei eu, caramba, ganhei eu!”.   Fui ler a notícia. Os seis membros do júri explicavam a razão desta atribuição do galardão literário pela “contribuição para a formação cultural de diferentes gerações em todos os países onde se fala a língua portuguesa”.   (...)   Aos 14 anos de idade conspirei o sentido da canção 'O Que Será(À Flor da Pele)': “Será, que será?/O que não tem decência nem nunca terá/O que não tem censura nem nunca terá/O que não faz sentido…” Chico Buarque revelou-me o secreto significado da palavra LIBERDADE."   |||   A íntegra do jornalista português PEDRO TADEU no DIÁRIO DE NOTÍCIAS de Lisboa, via BLOG DA CIDADANIA.

quinta-feira, 23 de maio de 2019


Em São Paulo, PM de Doria cerca manifestantes no vão do Masp e ameaça atirar contra estudantes



"O segundo ato dos estudantes contra os cortes na Educação recebeu um tratamento aos moldes da gestão tucana de sempre.   Centenas de estudantes, professores e apoiadores foram novamente às ruas na noite desta quinta-feira(23), em São Paulo.   O governador João Doria, entretanto, resolveu mostrar as garras. Enviou a PM, o Baep, Rocans, viaturas, um contingente de policiais gigantesco."   |||   Leia mais MAURO DONATO no DCM.

A badalada ‘nova direita’ começa a pular do barco bolsonarista


"Com as manifestações em prol da Educação e os inúmeros desencontros entre o Planalto e parlamentares no Congresso Nacional, a popularidade do governo Bolsonaro começa a dar sinais mais evidentes de erosão. Diante do cenário, apoiadores do presidente decidiram convocar, por meio das redes sociais, uma manifestação para o dia 26 de maio, iniciativa que rachou ainda mais sua base."   |||   Leia mais GLAUCO FARIA no DCM. 


Embraer:  site divulga caso de traição e negociata, com militares 'entregando'  o  interesse nacional aos EUA(por quanto?)
"Se são verdadeiros os documentos que divulgaram agora há pouco no insuspeito site de ultradireita O ANTAGONISTA, estamos diante de um escândalo de proporções monstruosas, que exige, de imediato, a revogação da autorização do Governo para a venda da Embraer à Boeing.   Em resumo, os especialistas da Força Aérea Brasileira dizem que o negócio atende, exclusivamente, às necessidade da Boeing, que precisava, para manter sua viabilidade diante da Airbus, que comprou a canadense Bombardier, de jatos de porte médio, entre 100 e 250 passageiros.   |||   A íntegra da 'bomba' com FERNANDO BRITO, no TIJOLAÇO.


“Corrupção  do  clã  deve  ser ‘muito grave’  para Bolsonaro promover autogolpe”
“Bolsonaro não é um presidente, mas sim um chefe de clã na presidência”, afirma a jornalista Eliane Brum no 'El País'. “O que o domingo mostrará é quantos crentes o clã Bolsonaro conseguirá mover na tentativa de barrar as investigações do filho zero-um.”   |||   Leia a íntegra de CÍNTIA ALVES no JORNAL/GGN.

quarta-feira, 22 de maio de 2019


Uma breve explicação  sobre o MST aos recalcitrantes fariseus da ganância


"Qual a concepção de vocês, longe do mundo rural, ou perto, mas fariseus da ganância, sobre o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, o MST?   Como é? Fiz uma pergunta. Não entendo seus grunhidos amorfos. Levanto o som do rádio, opa, ouço algo como invasões de fazendas ‘produtivas’, vagabundos que não produzem, assentados que usam as terras para vendê-las ou arrendá-las, selvagens que invadem e destroem campos de experimentos de grandes empresas agropecuárias, escolas que ensinam e alfabetizam usando o “marxista” método Paulo Freire?   É isso, isso mesmo? Então já devem ter visitado vários acampamentos e verificado o apelo comunista do MST. Não? Onde se informaram, pois? Nas folhas e telas cotidianas da conservação do Acordo Secular de Elites? Ah, bom. Imaginava.   O MST nasceu, em 1984, apoiado pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), com origem na Igreja Católica e no setorial da Teologia da Libertação, tão bem hoje entendida pelo Papa Francisco, de como Jesus Cristo, um defensor e lutador pelos pobres, pregou um planeta menos desigual."   |||   A íntegra de RUI DAHER, na CARTA/CAPITAL.


Para os Bolsonaro, política

é a arte de intimidar, não de 

convencer



"Aprendia-se, antigamente, que política era a arte da persuasão, do convencimento, da formação de, tanto quanto possível, de consensos ou maiorias.   Na era Bolsonaro, a definição é outra: é a de obter a imposição de sua vontade pela intimidação, pela ameaça, pela desqualificação e o medo da “reação pública”, ainda que esta possa ser o “ibope de aeroporto” no qual um fanático e um vídeo de celular servem para arruinar a imagem pública de qualquer um."   |||   Leia FERNANDO BRITO no TIJOLAÇO.


Bolsonaro  consegue  reduzir  número  de ministérios, mas Câmara impõe derrota

a Moro, que perde COAF

Resultado de imagem para Fotos de Moro irritado

"A Câmara dos Deputados aprovou nesta 4ª feira(22) a Medida Provisória 870 – da reforma ministerial do governo Jair Bolsonaro – e manteve a atual estrutura com 22 Ministérios. Porém, o governo foi derrotado e o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) não ficará mais no Ministério da Justiça, com Sergio Moro, e passará para o Ministério da Economia."  |||    A íntegra, no PODER/360.

OAB-MT se inspira em leilão de gado e oferece crianças para adoção


A escalada da selvageria brasileira é uma caixinha permanente de surpresas.   Mas a Associação Mato-grossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (AMPARA) a Comissão de Infância e Juventude (CIJ) da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), conseguiram se superar.   Organizaram em um shopping de Cuiabá o evento “Adoção na Passarela”, no qual colocaram crianças e adolescentes de 4 a 17 anos “aptas para adoção” em uma passarela, para serem avaliados pelos candidatos a pais. As adolescentes desfilam como manequins.   |||   Leia mais LUÍS NASSIF no JORNAL/GGN. 


Ministro da Educação(?) foge  de debate na Câmara para não ouvir lideranças da UNE e UBES

 
Ao lado de Pedro Gorki, das UBES, Marianna Dias(UNE) protesta
 contra intolerância  de Weintraub que disse não querer ouvi-los

Consultado pela presidente da audiência pública, nesta terça(21) na Câmara, a Professora Marcivânia (PCdoB-AP), sobre a possibilidade de escutar os estudantes, Abraham Weintraub não titubeou: "Eu não quero falar com UNE, nem com a UBES. Eles não foram eleitos". A fala dita em tom de desdém vazou do microfone e logo após, o plenário onde acontecia o debate foi tomado por gritos e agressões de deputados da base governista.   A polícia legislativa também se exaltou e tentou impedir que Marianna Dias e Pedro Gorki, presidentes da UNE e da Ubes, respectivamente, chegassem à mesa da comissão.   'A gente não é bandido, não. Por que a gente que quer falar é tratado dessa forma? A gente veio dialogar com o ministro e é tratado desse jeito?', protestou Marianna Dias.  Durante o episódio, Weintraub saiu da comissão, escoltado pela polícia legislativa, sem ouvir as demandas dos estudantes.   Tá fugindo?”, indagou Marianna Dias. Segundo a presidente da UNE, a partir de hoje, Bolsonaro e o ministro da Educação não terão paz. 'É estudante na rua. Se eles querem balbúrdia, a gente faz em defesa dos nossos direitos'."  |||   Leia a íntegra de CHRISTIANE PERES no VERMELHO.

“Se o Estado não interviesse

nas  relações  de  trabalho,

estaríamos  na  barbárie”

A juíza Carolina Hostyn Gralha, presidente da Amatra IV, conversa com o Sul21 sobre os efeitos da reforma trabalhista  -  Foto: Guilherme Santos/Sul21

Passados dezoito meses da entrada em vigor, em 11 de novembro de 2017, a reforma trabalhista não conseguiu entregar suas duas principais promessas: a redução do desemprego e o aumento da segurança jurídica. A avaliação é da juíza do Trabalho Carolina Hostyn Gralha, presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 4ª Região (Amatra IV).   (...)   'A realidade da Justiça do Trabalho é de um País que explora pessoas como escravos, que explora crianças e adolescentes em trabalhos ilegais, então a gente tem que se deter sempre com o viés da dignidade do nosso trabalhador, sendo ele empregado ou prestador de serviço. Mesmo que ele não tenha o vínculo de emprego reconhecido, ele merece um tratamento de dignidade como qualquer cidadão'."  |||     Leia a íntegra da entrevista concedida  a LUÍS EDUARDO GOMES no portal SUL/21.



Tipo leilão de gado,  órfãos em passarela  de  Cuiabá,  com hediondo  patrocínio  judicial


FERNANDO BRITO, no TIJOLAÇO

Viramos monstros?    Ontem, no Pantanal Shopping, de Cuiabá, com o apoio do Poder Judiciário de Mato Grosso, da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT), do Governo do Estado e do próprio shopping, realizou-se o “evento” Adoção na Passarela|||   Vinte crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos, órfãs ou abandonados,  acolhidos em instituições de Cuiabá e Várzea Grande  desfilaram ante uma plateia de classe média, encantada como quem vai a um 'pet shop', para ver se alguém se interessava em adotá-las.  |||   Os promotores festejam a cena maravilhosa: as crianças ganham “roupas novas, um dia de beleza, incluindo penteados e maquiagem, tudo isso para se divertirem no desfile que pode resultar no encontro de uma família”.   |||   Adoção, algo personalíssimo, decisão íntima da família, aceitação emocional da criança, vira, assim, um desfile como o de Kennel Club, onde a beleza das carinhas, o estilo do penteado e o andar gracioso passam a ser os critérios de “pegar ou largar”. Ajudados, claro, pela “roupinha gourmet’.  |||   São, certamente, “homens de bem” e “senhoras virtuosas” os que estavam na plateia, prontos a escolher um menino ou menina como se fossem um 'cocker spaniel' ou um 'bichon frisé'. Tão imbuídos do bem que até poderiam escolher uma criança mulatinha, para provarem que não têm preconceito.   |||  Aproveitam, também, para se promoverem na 'high society' cuiabana – “high society’ de shopping, vê-se – como bons cristãos, generosos e, claro, com um “projeto social” de levarem para casa um dos “bichinhos”.  |||  Onde estão a Justiça, a OAB e o Ministério Público, que deveriam estar proibindo esta exposição desumana de pequenos seres humanos, indefesos e dependentes de alguém que os cuide com proteção e carinho?   Ah, sim, estão promovendo o “evento”…

Um ‘Habeas Corpus’ de ofício para Lula, urgente!


"Sempre se soube que a condenação e a prisão desse cidadão brasileiro não observaram o devido processo legal e nem qualquer princípio de isonomia ou de razoabilidade, mas as provas disso nunca haviam sido tão explicitadas. Se a cúpula da Justiça tem dificuldade de ordenar e ligar os pontos, eu posso fazer esse trabalho e divulgar aqui. Fiquem à vontade para utilizá-lo, mas não aleguem que o fato não é problema do STF."   |||    Leia mais LUÍS NASSIF no JORNAL/GGN.